Assinatura RSS

Arquivo da tag: Saladas

Alcachofra

Publicado em

É época de alcachofra! Yupiiii

Que delícia tirar folhinha por folhinha e passar no molhinho e… PERAÍ, VOCÊ NÃO CONHECE ALCACHOFRA??

Tia Nataly explica:

“É uma planta perene, com até 400 cm de envergadura, que volta a brotar anualmente. Suas folhas tem cor verde claro cobertas de uma penugem branca que lhes dá uma aparência pálida. Dá uma inflorescência comestível, produto muito apreciado quando ainda na fase inicial e razão de seu cultivo comercial. Ao se transformar em flor aberta endurecem as brácteas e não podem mais ser aproveitadas para consumo.
São procedentes da região sul do Mar Mediterrâneo, mais provavelmente do Magrebe, na África. A alcachofra é um parente muito próximo do cardo comum, do qual procede, tendo sido aprimorado para consumo humano por muitos anos de cultivo. Existem indícios da planta em estado natural na Tunísia. Os antigos egípcios a conheciam, assim como os gregos, que introduziram o cultivo na Sicília e na Magna Grécia.”

Sim, você leu direito: é uma flor. Ó, que lindooo!! Só dá pra comer antes dela florescer, mas olha que lindinha que ela fica depois de aberta:
 Aqueles pelinhos/espinhinhos chatos que a gente tem que tirar vão se tornar essas pétalas roxinhas!

A época da alcachofra é de agosto a novembro. Em outubro tem a tradicional FESTA DA ALCACHOFRA (me leva) em São Roque. Eu e meu marido (com os avós dele e alguns amigos) vamos quase todo ano! Tem vários restaurantes com tudo quanto é tipo de comida feita com alcachofra!! A-DO-RO *-*

Aqui em casa eu gosto de fazer assim: Cozinho na pressão com água e um pouco de sal (mais ou menos 20 minutos). Para saber se está cozida é só puxar uma folhinha e ver se ela sai com facilidade. Depois tempero com sal, pimenta (ás vezes) e muuuito azeite. Só isso. Daí gosto de ir tirando folhinha por folhinha… O tipo da coisa que só dá pra fazer em casa mesmo (porque meleca o dedo), mas é muito gostoso. Comfort food mesmo.
Pra mim, é uma graaande experiência gastronômica! Haha
Minha família pode confirmar: fico horas ali compenetrada, tirando folhinha por folhinha e degustando!

Vamos na festa esse ano??

Beijos!

 

Salada japonesa de pepino

Publicado em

Oi gente!

Essa saladinha é daquelas que a gente come em restaurante japonês e nem imagina qual a receita. Sacomé?
É muito fácil de fazer e legal pra variar a sua salada de todo dia.

Dei esse nome de “salada japonesa de pepino” uma porque né, É JAPONESA, e outra porque sou péssima pra dar nomes e não manjo nada das minhas origens nipônicas. Sorry ancestrais.

Chega de lero-lero e vamos à receita:

Ingredientes:

  • Pepino japonês fatiado (uso o fatiador pra ficar bem fininho)
  • Shoyu
  • Óleo de gergelim torrado
  • Gergelim preto a gosto

Modo de fazer:
Misture tudo a seu gosto! Não deixe de colocar o óleo de gergelim porque é o principal (quer dizer, depois do pepino, porque senão não teria a salada e enfim…)

Bjs!

Aproveitando tudo: Beterraba

Publicado em

Beterraba

Oi gente!!
Como sou suuuperantenada com as TENDÊNCIAS  se é que existe isso na culinária quis aproveitar tudinho de umas beterrabas que preparei outro dia. Reaproveitamento tá SUPER USANDO. HAHA

Cozinhei as beterrabas (4 pequenas) na panela de pressão com água e um pouquinho de sal. A partir daí fiz os pratos abaixo:

Prato nº1 – Sopa de legumes
Sopa
Com a água da beterraba (não descartei!!), que é cheia de nutrientes, fiz essa sopa de legumes. Refoguei cebola e alho, coloquei alguns legumes que tinha na geladeira (vide Sopa de geladeira) como abóbora, cenoura, um ovinho batido (que dá uma cara meio feinha pra sopa, mas fica uma delícia deliciosa!), um pouco de arroz (adoro arroz na sopa)… Daí onde entraria água, coloquei a água da beterraba. Não ficou roxinha por causa da abóbora que predominou (adoro essa palavra).

Prato nº2 – Arroz colorido
Arroz colorido
A cara não ficou convidativa, confesso. Tá que eu também não montei prato, taquei tudo na travessa por causa da pressa do marido… Mas ficou muito gostoso! E diferente. Meu marido gostou! haha
Acho que crianças também devem gostar já que dá uma cara diferente pro arroz de todo dia e fica mais nutritivo ;)

Prato nº3 – Salada de beterraba
Beterraba
Por fim, com a beterraba em si eu fiz salada. ADOOOORO salada de beterraba *-*

Vocês também não jogam nada fora?

Tabule

Publicado em

tabuleTabule é demais, né gente?

Uma saladinha bem fresca já que esses dias estão mais quentinhos (pelo menos aqui em casa).

Ingredientes:

  • 1 xícara de trigo para kibe
  • 1 tomate em cubinhos
  • 1/2 cebola em cubinhos
  • 1 pepino japonês em cubinhos (pode ser o caipira, mas prefiro o japonês)
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Suco de limão
  • Azeite
  • Salsinha
  • Hortelã picada

Modo de fazer:
Deixe o trigo de molho em água por mais ou menos 1 hora (nunca deixo 1 hora mas todo mundo diz pra deixar). Escorra-o, apertando bem com as mãos para ficar bem sequinho. Coloque em uma travessa e misture todos os outros ingredientes. Se você fizer de um dia para o outro fica ainda mais gostoso.

Delícia de links da semana

Publicado em

Separei algumas das receitas que mais gostei essa semana, dos blogs que acesso sempre. Aproveitem! =]

Links da semana
Receita de salada de tomate, abacaxi, bacon e queijo canastra do COZINHA TRAVESSA

Ensopadinho de camarão com chuchu do PITÉU

Torta de limão do RE-COMENDO

Fetuccini de cenoura ao molho de gorgonzola do SABOR SONORO

 

Salada na cestinha de parmesão

Publicado em

Uma das coisas mais fáceis de fazer e que mais impressiona meus convidados é essa cestinha de parmesão. É chique, deixa seu prato mais bonito e fica pronta em 5 minutos ;)

Cestinha de parmesão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como fazer:

Use um bom parmesão pois os ruins soltam muita gordura e não enformam direito. Para cada cestinha vai quase 100g.
Em uma frigideira antiaderente coloque um círculo de parmesão. Coloque bastante pois não pode deixar nenhum furinho, senão ela quebra. Leve ao fogo até que derreta. Quando derreter vire sobre uma tigelinha (essas de sobremesa) e pressione com papel toalha (sai bastante óleo). Desenforme e espere esfriar. Faça todas e depois monte os pratos.